Um dia volta!

Titulo sorrateiro para, minha nova publicação, depois de meses, nem vou falar sobre as finanças, porque teria muito pouco a agregar ou talvez nada, resolvi escrever hoje, não sei por quê, de repente me deu uma saudade dos textos no blog, de vez em quando simplesmente paro e começo a ler, e como reviver um eu, que a muito esquecido.

Resolvi escrever hoje por que estou chateado como meu emprego, sinceramente nunca imaginei que sofreria tamanho desafeto, maldito funcionalismo publico com seus gestores cafajestes, como já disse anteriormente, trabalho em uma repartição, fui intimidado pelo meu secretário a sucumbir as suas vontades ou seria seriamente punido, fiquei decepcionado com o sistema, vou recorrer pra quem, ninguém acreditaria em mim, vi minha vida virar um inferno, não posso mais fazer meu trabalho, só posso fazer pra quem eles querem, realmente constrangedor, ainda me ameaçaram de me tirar do setor por que eu não votei neles, pensei em me afastar, mas estou a tanto tempo longe da iniciativa privada, que fiquei com medo de me ausentar. Não sei o que fazer, o assédio moral, esta gigantesco, estou me escondendo na minha sala para não ter que falar com esses chefes. Sei que o mandato deles vai acabar e isso me motiva a continuar, maldita população analfabeta politica, sendo escolhendo bandidos para representá-los.

Mudando o assunto agora, das metas de ano novo,
  1. aumentar em 10% os recebíveis, não consegui concluir, juro pra você eu fiquei tão pra baixo no serviço que isso me prejudicou em tudo. 
  2. Sobre fechar o ano com 5k, acho que vai dar, esta tudo caminhando bem para isso. 
  3. Arrumar extras pra complementar a renda esta sendo difícil, até esse momento só consegui $180, logo, dois mil com certeza não vai dar. 
  4. Terminar o ano com tributos e e taxas em dia, felizmente consegui, esse deu tudo certo, estava devendo horrores para o maldito governo, conclui com louvor e agora tenho mais 6 pagamentos para sobrar uma grana.
  5. Esse não consegui, fiz uma viagem top, com pouco dinheiro, relaxei, curti pra caramba, descansei bem, mas acho que ainda faltou mais.
  6. Viajar pra fora do pais, esse começou bem, já fiz os passaportes, menos do meu filho, vi que crianças o passaporte vale de acordo com a idade, se fizesse agora, não daria tempo de usar até a viagem e teria que pagar de novo.
  7. Renda passiva anda baixo, media de $2,23/mês, mas estamos em tendencia de melhoras para fim de ano.


O que deu errado nesses dias que fiquei afastado:
  •  o carro quebrou nada muito caro, mas foi prejuízo legal, e o pior que foi uma gambiarra, já que poderia ficar muito pior, bateram no carro duas vezes.
  • investimento em segurança, um dos meus irmão teve a casa assaltada, limparam as coisas dele, isso me fez refletir e acabei gastando uma grana em equipamentos de segurança eletrônica.
  •  Meu emprego virou de alto estresse
  • Devido ao alto estresse do emprego, acabei exagerando na bebida e comidas nada saudáveis, estou acima do peso.

O que deu bom:
  • Depois de muito tempo viajei, nossa fim de semana top, perto da natureza, pousada top, diversão mil.
  • Muito tempo que não investia em produtos de lazer, comprei um TV 55" 4k, agora me divirto muito mais nos games e nos filmes.
  • Filho, cada vez gosto mais, cresceu ta esperto interagindo com as brincadeiras, quase falando. Meu orgulho.
Por fim, evolui um pouco, tenho 6 pagamento até fechar 2018, e nao pretendo que esse seja um novo 2016 e 2017. Até mais pessoal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Metas que não cumprirei em 2018

Fechamento de Novembro/2017 - Especial de Natal